quinta-feira, 9 de abril de 2009

Sinais de pontuação

Por apresentar muitas regras, a vírgula será apresentada à parte.

Ponto final
O ponto serve para indicar o término de uma frase.
É também usado em abreviaturas, por exemplo: mar./março; hab./habitante; etc./etcetera.

Ponto-e-vírgula
Serve para assinalar uma pausa maior do que a da vírgula, praticamente uma pausa intermediária entre o ponto e a vírgula.

1-Serve para separar orações coordenadas que tenham um determinado sentido ou aquelas que já apresentam separação por vírgula:
Quando moleque, foi um garoto peralta; quando rapaz, era inteligente e feliz; agora, homem maduro, tornou-se um maluco.

2- Separar vários itens de uma enumeração:

As orientações são as seguintes:
I – separar o lixo em casa;
II – procurar postos de reciclagem de lixo para papel, vidro, metais, plásticos;
III – só comprar produtos de empresas que se preocupam com o meio ambiente;
IV – conscientizar familiares e amigos da importância do consumo sustentável.

Dois-pontos
Os dois-pontos são empregados para:
1-Enumeração
Escolha uma das alternativas:
a) Jogue lixo no lixo.
b) Brigue com o seu vizinho todos os dias.
c) Desperdice água.
Comprou muitas roupas: saias, calças, blusas, vestidos e lenços.

2- Citação
Ela disse:
— O que houve com você?

3- Esclarecimento
Ele conseguiu enfim realizar seu maior sonho: comprar uma Ferrari.

4- Introdução de exemplos, notas ou observações:
As frutas mais consumidas são as chamadas frutas vermelhas. Exemplos: maçãs, melancias, morangos, framboesas etc.
Nota: consideramos apenas os estados do sul do país nessa pesquisa.
Observação: o levantamento foi feito a partir de pesquisas de rua.

Ponto de interrogação
É empregado para indicar uma pergunta.
— O que você acha disso?

Ponto de exclamação
É empregado para marcar o fim de qualquer enunciado com entonação exclamativa, que normalmente exprime admiração, surpresa, assombro, indignação etc. Também usado com interjeições.
— Não acredito!
— Oh!

Reticências
As reticências são empregadas para:
1- Assinalar interrupção do pensamento
— Eu estava saindo de casa quando... não me lembro de mais nada.

2-Indicar que alguns trechos foram suprimidos do texto:
Essa é a história de uma menina que vivia com sua mãe. Um dia sua avó ficou muito doente e sua mãe pediu que ela fosse visitar a vovó. No caminho encontrou com um lobo que disse para ela ir por outro caminho... chegando na casa da avó a menina bateu na porta...

3-Na literatura é usada para marcar aumento de emoção
Bem sabes que sorte eu queria dar-te... e morro, porque não posso, nem poderei jamais resgatar-te.(Camilo Castelo Branco)

Aspas
São empregadas:
1- antes e depois de citações textuais:
Ele afirma que "o mágico deveria ser mais simpático".

2- para assinalar estrangeirismos, neologismos, gírias e expressões populares ou vulgares:
Os “sites” sobre esse assunto são ótimos.
Com da diretora, os três alunos "puxaram o carro".

3- para realçar uma palavra ou expressão:
Ele reagiu rapidamente e disse um "não" sonoro.

Travessão
Emprega-se o travessão para:
1- Indicar interlocutor no diálogo:
— Quem são vocês?

2- Dar mais ênfase a palavras ou expressões:
Ela sempre foi bacana — sem ser falsa —, mas não sei o que aconteceu hoje.

3- Substituir a vírgula ou os dois pontos:
Ele era cruel, egoísta, imoral — acima de tudo maluco —, mas doou toda a sua fortuna aos pobres.

Parênteses

São empregados para:
1- Destacar explicação ou comentário:
Todo signo linguístico é formado de duas partes associadas e inseparáveis, isto é, o significante (unidade formada pela sucessão de fonemas) e o significado (conceito ou ideia).

2- Incluir dados informativos sobre bibliografia (autor, ano de publicação, página etc.).

3-Indicar marcações cênicas numa peça de teatro:

Madrasta – Quem é a mulher mais bela do mundo?
Espelho mágico – Branca de neve!
(sai pela direita)

4- Isolar orações intercaladas com verbos declarativos, em substituição à vírgula e aos travessões:
Afirma-se (não se prova) que o universo é infinito.

Asterisco
É um sinal gráfico em forma de estrela empregado para:

1- Remissão a uma nota no pé da página ou no fim de um capítulo de um livro:
O uso do suspensório* era obrigatório.
* Acessório usado por homens para suspender as calças. Era feito de elásticos e presos às calças por botões.

2- Substituição de um nome próprio que não se deseja mencionar: O Sr.* disse que a causa da revolta se justifica.

14 comentários:

  1. gostei muito da explicaçao, foi bem rapido e objetivo e com bastante e exemplos.

    ResponderExcluir
  2. adoreiii
    me ajudou bastante!!!!!!!!!
    no meu tema da escola

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigada! Salvou o meu trabalho! Te agradeço muitoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo!!!!!!!!!!!!
    Ass:Lara Bellozi Duque
    msn:larabrasilpucca@hotmail.com

    ResponderExcluir
  4. Respostas
    1. a mim tb vicou facil de mais o dificil voi bota no papel kkkkkkkk

      Excluir
  5. Que legal os alunos do oitavo ano adoraram fazer uma cópia do seu artigo sobre pontuação.Valeu!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Que legal os alunos amaram fazer uma cópia.

    ResponderExcluir
  7. Muito obrigada ou (O) ! Me ajudou muito na escola ,bom demais.

    ResponderExcluir